Loading...

sábado, 19 de março de 2011

Todos falamos, escrevemos sobre amor , pessoas comuns, literatos, poetas. Cantamos o amor e nos encontramos em lindas canções. Mas vive-lo me parece tão distante, esse amor compartilhado, romantico, assumido. As pessoas não se deixam amar, e quando encontram uma fonte de amor, tratam logo de contamina-la, com descaso, descuido e indiferença. Tão fácil amar, e tão dolorido constatar a morte por envenenamento desse mesmo amor. Escrevemos, cantamos, cultivamos, e por um espaço de tempo convivemos com a ilusão da possibilidade desse amor ser real.
..."saber amar é deixar alguém te amar..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário