Loading...

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Segunda de muito trabalho e correria, mas um ótimo começo de semana com muitas possibilidades para a semana toda.
Meu amigo blogueiro comentou meu post, e me sinto lisonjeada, diz que um dia quer conseguir chegar a conclusão que eu cheguei.
 Mas, vou te dizer que para chegar nesse estágio, chorei,  briguei, gritei, me revoltei e por fim aceitei. Sentir dor, saudade, um vazio, isso não tem jeito, mas um dia passa, ameniza, ou quando você estiver distraído, apareça alguém que te aceita do jeito que você é, assim como um dia você aceitou alguém assim, dessa mesma maneira. Não será a mesma coisa, pois será outra história, mas virá naturalmente, e se não acontecer, você sempre terá a pessoa mais importante do mundo, você mesmo. 
Não lamente o que viveu, essa é uma oportunidade de se rever, se recriar, eu amei fazer isso, rever conceitos, ser mais leve, gostar muito mais de você, deixar ir aquela parte resistente de você que teima em querer que tudo seja do seu jeito. Muitas vezes brigamos com o Universo todo, esperneando feito criança que quer um doce e não deram, essa atitude só nos deixa mais cansados. Hoje sei muito bem o que quero e o que não quero na minha vida, e também sei que tudo pode mudar a todo instante, isso é que torna a vida tão interessante, a incerteza. Já imaginou quantas possibilidades cabem na incerteza do momento???

domingo, 26 de junho de 2011

Ontem, fui dormir agradecendo a Deus por  minha vida estar assim,  feliz,  cada momento, tão precioso, sendo aproveitado integralmente.  Por sentir que estou tentando fazer do amor minha religião ,  que une, que consagra, que eleva a Deus. 
Minha crença no amor supera todos os conceitos que um dia tive e relação a religiosidade. Posso parecer utópica, mas meu desejo é que não existissem tantas divisões, que "Amar ao próximo como a ti mesmo" fosse um único mandamento, pois ele é conclusivo. Desejar o bem sem olhar a quem... sem julgar, sem segregar, apenas olhar com olhos amorosos. 


Ainda tenho muito o que aprender na religião do amor...
 Hoje ao acordar  a primeira voz que escutei foi a sua, ao telefone, fiquei feliz  e  foi,  como sempre muito bem-vindo, mas... não posso fazer parte de sua vida... apesar dos sentimentos, seus sonhos e projetos superam essas emoções e foi ai que pre julguei, acabei sendo ácida, por estar sentindo a sua falta, de nossas risadas, de tantas conversas, de algumas brigas e de reconciliações inesquecíveis. Mas, tudo isso faz parte do passado, um romance que poderia ser um conto,acrescento a palavra romance por minha conta, por ser extremamente romântica, mas rapidamente percebi que  não tenho o direito de pensar que sei o que é melhor, cada um tem seu entendimento na hora exata, cada um tem a liberdade de escolher e acertar ou errar, independente se isso vai ou não vai me afetar. 
Mas...senti saudades  e agradeci do mesmo jeito por ter te conhecido, por você ter feito parte de minha vida e ter acrescentado tanto, me ajudando a me ver novamente, através dos seus olhos me revi e gostei desse olhar. Mas como cada um tem seu caminho,  desejo que o seu seja o mais lindo, pois você foi e é muito amado, o amor não se acaba com algumas palavras, ou conceitos, amor mesmo transcende tudo isso.  
Posso estar sendo brega com minha crença no amor, mas acredito de verdade que é o único caminho para Deus, para a cura da alma e do corpo e assim quero continuar, olhar  para tras e saber que tudo que vivi foi para meu fortalecimento, e centrar no presente , poder transmitir alegria, apoio, e muito amor a todos que estão perto e os que não estão tão perto.  Em todos os momentos que lembro de você e de nós dois, sempre vem acompanhado de um sorriso,  momentos que partilhamos, musicas que cantamos, tudo isso me faz sorrir. 

domingo, 19 de junho de 2011

Como domar um espírito acelerado como o meu??? Sempre perguntando, querendo resolver as coisas, achando que pode melhorar a vida das pessoas em sua volta, e ficando triste quando as pessoas não querem no momento. Tenho que saber que o melhor para mim, pode não ser o melhor para o outro, me livrar de toda expectativa, saber que cada um tem o seu momento de entendimento, tudo a seu tempo. Tenho que ler mais meus textos e amar sem esperar  presença, ou  demonstração. A cada dia que passa sinto tão presente a força positiva do amor, a cura que esse sentimento opera no corpo e na alma e me entristece ver a rejeição, o abandono e o egoísmo tomarem conta das pessoas. Mas tenho que tomar consciência que esse é o meu entendimento, essa é a minha verdade, e meu amor deve transcender essa tristeza e amar, simplesmente amar.
Meus amados amigos tenham uma linda semana, eu por aqui já estou agradecendo a cura da minha irmã que amo tanto, bjssssssssssss

terça-feira, 14 de junho de 2011

Acabei de postar um comentário para um amigo blogueiro muito inteligente e talentoso, e me percebi escrevendo para mim mesma.
Aprendi com a fisica quantica que o que se passou segundos atras, não existe mais, eu já não sou a mesma. me recrio a cada segundo. Tento me recriar melhor, mas as vezes, muitas, não gosto muito do resultado,mas recrio e recrio a cada segundo tentando viver esse segundo, sem a prisão do passado, nem a ilusão do futuro

domingo, 12 de junho de 2011


Não importa a idade que temos, a crença, a cor, a opção que escolhemos, , sempre estamos procurando ser felizes com alguém que nos aceita como somos, ser amado pelo ser, com o nosso melhor e o nosso pior. Amar incondicionalmente....

terça-feira, 7 de junho de 2011

Se você errou, peça desculpas...
"É difícil perdoar?
Mas quem disse que é fácil se arrepender?
Se você sente algo diga...
É difícil se abrir?
Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que queira escutar?
Se alguém reclama de você, ouça...
É difícil ouvir certas coisas?
Mas quem disse que é fácil ouvir você?
Se alguém te ama, ame-o...
É difícil entregar-se?
Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida...
Mas, com certeza, nada é impossível..."
O que fazer agora??? Simplesmente viver, aproveitar cada segundo da companhia de quem quer minha presença. Amar é o ato de se doar sem expectativas, de estar presente, sem  a prisão do passado e a ilusão do futuro.