Loading...

quinta-feira, 31 de março de 2011

O verdadeiro amor machuca, o verdadeiro amor o torna vulnerável e aberto, o verdadeiro amor o leva muito além de si mesmo e, portanto, o verdadeiro amor o devasta”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário