Loading...

sábado, 21 de abril de 2012

Foram palavras conhecidas, mas foi de novo "á queima roupa", mas dessa vez eu estava  protegida com colete a prova de palavras vazias, de conceitos e preconceitos, um colete que deixa a gente assim, no tanto faz.
 Você estava aqui, que bom, ah...você está indo embora, ah... tudo bem vai...tanto faz.
 Mas isso é muito pouco e não quero mais uma vida de tanto faz, de qualquer sabor, sem tempero, tão previsível.
Quero escolher o sabor, temperar com o inusitado e sempre ser surpreendida com coisas boas, com pequenos mimos e palavras suaves.
Podem dizer, a vida não é assim, e eu sei muito bem, mas agora quero assim, o resto é pouco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário