Loading...

terça-feira, 10 de julho de 2012

Tempestades e calmarias



Fazem uns meses que estou vivendo uma fase turbulenta, nos negócios, na vida amorosa e existencial, no começo fiquei meio paralisada, depois apavorada, desanimada, mas foram fases rápidas.  Depois de tanto tempo pensei que tinha aprendido alguma coisa sobre negócios, sobre sentimentos, e sobre mim mesma.
Mas, isso não depende da idade nem do tempo, aprendi que minha vontade das coisas darem certo não é onipotente, por mais que eu queira que tudo de certo, existem pessoas, situações que não conheço inteiramente ou que pensava que conhecia.
Junto com meus erros, existem muito mais coisas que desconhecia, mas sempre em toda minha vida algo prevalece inabalável, minha fé, em Deus, nas pessoas, no universo, por mais que me sinta errada, lesada, magoada, nada disso me tira a crença de que existem pessoas boas,que tudo sempre pode melhorar. Pode parecer filosofia barata de auto ajuda, mas não é que com tudo apesar de tudo, ainda acredito em mim, ainda acredito nas pessoas. As coisas não vão mudar do dia para a noite e nem tudo vai ser perfeito e sem problemas, mas a descoberta de que eu não preciso ser perfeita, de que cometo erros , mas posso corrigi-los, de me olhar sem culpa, isso sim muda tudo, me dá uma estranha felicidade no meio de tanta turbulência. Mas o que seria da natureza sem as chuvas e tempestades, como é maravilhoso sentir o calor do sol depois de dias sombrios, tudo realmente vale a pena e sou grata por tudo isso, pelas tempestades e pelas calmarias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário